Jogos Olímpicos – prazo é crucial para sucesso do evento

1º/6/2016

Faltando pouco mais de dois meses para o início dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o cumprimento dos prazos passa a ser, cada vez mais, uma necessidade para o sucesso do evento esportivo internacional. E, para isso, o Ministério do Esporte conta com o suporte da Fundação Ezute, que vem trabalhando, desde 2012, no programa de gestão capaz de garantir eficiência, transparência e a correta aplicação dos recursos que estão sendo destinados para as obras do evento.
O projeto da Fundação Ezute conecta cinco dimensões: Alinhamento Estratégico; Projeto e Processos; Governança; Recursos Pessoais e Tecnologia e Ciclos de Gestão. Para evitar atrasos, a Fundação implementou um plano mestre para controle do cronograma de cada uma das instalações, que acompanha a evolução de cada fase dos projetos e a compara com as respectivas linhas de base elaboradas pela Rio 2016. A partir deste controle, é possível identificar atrasos e desvios, discutir ações preventivas e corretivas e traçar planos de ação.
A Fundação Ezute desenvolveu também o Guia de Monitoramento de Projetos e Obras, para assegurar o cumprimento das normas legais aplicáveis às instalações. O Guia tem como objetivo traçar diretrizes para o monitoramento e acompanhamento, realizados pelo Ministério do Esporte, da aplicação de recursos nas etapas de Projeto e Obra do Ciclo de Vida das Instalações. O documento permite a identificação e o gerenciamento de pontos críticos, além do levantamento e da análise dos documentos técnicos, orçamentários, de aquisição e de modelagem institucional relacionados a cada evento ao longo do Ciclo de Vida das Instalações.